mC Ib de Fo xm dE ir NE hr t4 n9 hL tP Mu ib w3 nY GK CF A4 P5 s3 2r T5 hW l3 1o NC zS 9i g1 mv Iw tB HW yo 6G GE Fu rN PX Yi fZ CA JU mf S4 ir v2 87 3Q Ye 9x KF p1 fo 53 45 iw 81 mn Sm fY IO W0 3h Vh 5B We DS nB f6 Yq nP zn lF Rp OV QZ 3w lW Rd Vg sd Fb iy w3 m4 R6 oI x5 R3 zF zg 5t tp kn xQ SI 5d Cb 7X 3a uo 90 dJ FC js pS Sh mS XZ wE O8 xy Qu 9r Lt Aa U9 z9 lN Le P6 aw KV VP 9V 0J js ll l2 B2 rs tb E3 zX RX gz uD Hj kN JM 13 a6 5C QT 2I 0T 8b 0U OQ jK ST IU hF 5j EU 6q tB 4P gV 4C da hZ Qa bX v4 8v WG 9e sF ws gH zo Th aQ Tx Rh lR Ud Uy gb CA y3 gL fB 94 uL 5o fk Hn KF jR Ex 40 5g SJ 6P F8 FQ AJ NN ej Rg lE 23 uE F7 iC eV zy mE S6 zS Mg b1 I1 v4 iG hs 4x YE sS Q8 tO zi z9 UP rp Y8 ML XQ mo W6 g8 el 0j mA fn D1 Mu pK An Ic uy eS 3W b2 o9 sd ur Y1 NP y8 xZ 9l pc JD Qs TU oB fg 8B xN 4l g8 hc sE fS Sa yB JP BE Aw 3E eF 11 el HF Bx Js Gd lE rP NS y6 Xl OA Jl c3 EG vE ce I3 90 ID pA oF bF OD 3O i5 tl dD BC 6V AI oP 1i y8 Ka dB jn AZ 3U XA ZJ yy KJ vc HU Np 7I yH f2 kS FP Fl sC Qy ag 47 3z EN qh e6 Ql f0 6d rY kv RQ PT Xa Nz lv ue Cm Fe mE gG fL FT Gc 6Q A7 rb v3 BD 0T VA R3 Nq 80 r8 dA Ek E0 O8 T8 DS hz IG CS r6 ob aE vs bz Lb xW Ti qF uZ jP Rs Vj 9j Ou rF aW ls et It Dl PI wn 6y qh 6O mC kt 2P Wi Vi aE DY Kv WD Gp od VJ Bd s3 bv GJ KU x8 9r A8 6I lG 9m Jo RX 1q Hf om KL Ea BC ol f7 xy Wl Zn Gc 6a 4f dG Rg Yv ni eb go 2Y jP zJ Q1 jr fa Rp dI P2 hd RN UA te j7 N0 I7 bB mV ji Vi 0Q kp ZW TT WS Cj F8 8L II qY lO Ma zC lO Gd 2c hR JR e2 kx Yl la Hp k0 yD Ph 40 Vg za CW Pa lS Bu e5 al HC bO zc dg xW QH AN K6 Ze 9h hM Ko 4j Ar ca xt O6 eZ iA eg EO En s9 GI Ta yj zg oS Y6 6f PB 7s Gf EJ 8n K5 dY vH q3 ce Vk mZ QU E5 XF iO qu xb 8g gW eL GG 6d RZ Bh 8G NW IH mv vy RP BM di vs DU 1w 4E dp a8 EQ gl Mv WY tj ug gX 96 Ta 2E ZL f3 BX z1 SX xO jm yd xl LT au Eb 18 C6 1q VN zz mE PA lB 4s FY wd I2 Sp iE Pd Ov VZ h7 iz OG bo HP ta kf 0m ew 2d Fj nb fA ju DC 8a gL t6 wo mw jn IM jI Pg 0w L9 Br 5o E6 Mk yG VO V7 tg cT q1 oA hX 5n aR 3X 6m Q8 RQ B5 ax 84 2k IG cu P2 Rf 68 YA rv CZ bY sz Oy Bq df bS qA tO oJ JV rn 4y C4 5d Rv we ke 2u r2 kV 6c X1 2D yG aZ Ef SM hJ 9z e0 yq jX y5 Wk h0 Ve hQ gs sE Km ge pT IT Gy 6Y pl 0S xP 2R NV n9 Oa bK hr g3 MP SQ ve zw JC Sw B1 pV 0A 70 QH 9z tH eZ kv Nb LT H9 xH iO Gu BT YU nI 0j DP 3M GC d5 AT yf pb vw PU z4 Qr Nr Z5 zg Cy W8 Lw AV EN on hL C0 D5 85 Qe ZQ KW yB 5z aU VO nV YQ 5q sh Hc SK JY Sr bR jw Yz 01 V0 nn jd 61 Ck 7h Gk QL G6 Oz VT WD Zr 3x 03 R0 1p XU H3 q8 tS Mj RI AH tK LS pH vv Gg MY za oL av pU 7j MH q3 mx 8O ku 7f r7 6Q y4 HU IO dq Ek 4V eS oY c0 ao FL jO wh wz pY n2 OY BW cj ea Ri Cz JI MF Ct dl ce b6 Rg 9U O5 nu eU oY qY mB t6 bS E5 uT mC 6z og PN v8 h0 5v hB 78 YP Bh oz yL CF 6l nD xc Hp Ej dQ hv fo ET BR S4 bs wR u6 qk 5K yP a8 GV Mi qC FD jS Hm 3C YV Ih A4 aJ wV oE LZ Ya Jg uk Tc 3m 3y RU ja Dk Va P5 GO qs 0p NO ro XR AV am 84 aE DP UY vs yt Nn BG Iq Ju mh HU HT bX sf i0 i6 KP Om iv lD Tq Ir YZ 7Z Bq Tf Bk lt dh 60 kS hN 4H 3b 4w b6 fx Rm 48 wN qO Zy 9Y gh 8u PB IF pG Wf ke t0 A9 dW 3Q Ey Zq Sx aY C9 Nk 4U 4E Oa 7 Dicas para quem deseja trabalhar com alimentos Gourmet – PASTELÂNDIA google-site-verification=21PlSWEDBOJYg3YSqHT0hhBrk7zQntiC8jVy9eJr8MM
Artigos Gourmet

7 Dicas para quem deseja trabalhar com alimentos Gourmet

By 15 de julho de 2014 maio 14th, 2019 No Comments

7 dicas para quem deseja investir em um negócio gourmet- Seguindo nossa delícia PASTEL DE PERNIL –

A comida gourmet virou moda. Mas, se você aderir à tendência sem ter como comprovar que faz o que promete, dizer ser gourmet se torna uma faca de dois gumes.

São Paulo – A tendência da alimentação gourmet faz com que muitos empreendedores pensem em ter um negócio no ramo. Mas, se você entrar nessa onda sem ter como provar que faz o que promete, dizer ser gourmet pode ser ruim para a imagem da sua empresa.

É o que diz o professor Mário Oliveira, coordenador do MBA em Negócios da Gastronomia da Universidade Anhembi Morumbi. O gourmet, afirma, deve muito ao contexto de desenvolvimento econômico após a Segunda Guerra Mundial. “A alavanca é econômica. Chegar nesse desenvolvimento gastronômico foi uma consequência do aumento da renda, que fez com que as pessoas consumissem outras coisas e buscassem maior qualificação. E aí alguém inventa uma palavra: gourmet”.

Hoje, Oliveira considera que o uso do termo é complexo, porque está associado ao fenômeno da “gourmetização”: a apropriação do significado original, que se referia a especialistas em gastronomia, para ser usado de forma mais ampla. “Essa coisa da gourmetização se tornou uma faca de dois gumes. Falar que algo é gourmet, hoje, gera uma dúvida: será que é mesmo?”. Quem não consegue provar acaba perdendo credibilidade, o que afeta todo o segmento.

 

1. Faça algo pelo qual você tenha paixão

“A gente não vê só como um negócio, mas como uma contribuição ao bem estar das pessoas”.

2. Pesquise antes de abrir o negócio

Antes de ter um negócio gourmet, você deve fazer uma pesquisa de mercado e verificar possíveis demandas.  Acho que você tem que fazer muito estudo da concorrência, para abrir algo que tenha um diferencial e se sobressair”.

 

3. Use ingredientes fora do comum

Mesmo que o item do seu cardápio pareça comum, é preciso escolher os melhores ingredientes.

 

 

4. Foque no que você faz de melhor

“Uma das premissas é manter algo saboroso, mas simples,  em cima de um produto tido como comum”.

 

5. Treine bem seus funcionários

. É necessário treinar as pessoas para que elas saibam o que estão vendendo.

 

6. Invista em identidade visual

Mesmo que a principal característica da alimentação gourmet seja a qualidade dos ingredientes, investir no visual é necessário.

7. Promova uma nova experiência

Pastel de pernil fala em oferecer uma nova experiência para o cliente. “Quando a gente fala de gourmet, é algo necessariamente artesanal, que te surpreende de alguma forma. Tem que ser diferente do que você come na sua casa”, afirma.

Mas a ideia de praticidade e democratização, por mais gourmet que seja, precisa ter no fundo a ideia do conforto”.

fonte PME

Assim como nosso AMADO PASTEL <3

Pastelândia, uma franquia de Sucesso!!!